BA – Teste em Usina Pedra do Cavalo é adiado devido a impacto em comunidade

Defensoria Pública da União na Bahia recomendou adiamento até que sejam analisados os impactos ambientais e sociais às comunidade local

No Bahia.Ba

O Grupo Votorantim e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) decidiram suspender o teste de calha que seria realizado nesta segunda-feira (3) na Usina Hidrelétrica Pedra do Cavalo. O motivo foi o prejuízo às famílias de pescadores, extrativistas e quilombolas que moram na Revista Extrativista Marinha do Iguape.

O rebaixamento da água pode matar ovas de diferentes espécies de peixes e afetar a fauna. A situação prejudicaria pescadores, que dependem profissionalmente da atividade, e população ribeirinha, que tem naquele ecossistema seu modo de vida.

O teste foi adiado para 17 de agosto. A decisão anunciada pelo Inema é uma resposta a uma ação extrajudicial da Defensoria Pública da União na Bahia (DPU). O órgão recomendou adiamento do teste até que sejam analisados os impactos ambientais e sociais às comunidades tradicionais.

A Usina Hidrelétrica Pedra do Cavalo fica no Rio Paraguaçu, a cerca de dois quilômetros das sedes dos municípios de Cachoeira e São Félix. A Votorantim Energia é responsável pela gestão da usina.

Foto: Reprodução/ TV Bahia

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.

4 × um =